domingo, julho 17, 2011

Concentração da riqueza e a austeridade.

Ao mesmo tempo que nos impõem a "austeridade", através de um relatório da consultora Capgemini e do banco de investimentos Merrill Lynch - World Wealth Report - ficamos a saber que 103.000 indivíduos pelo mundo fora dispõem de riqueza líquida (sem contar património) para pagar as dívidas públicas dos EUA e da Grécia - num total de cerca de 10 biliões (10^12)- e ainda lhes sobrava, em média, 50 milhões de dólares, caso fossem obrigados a fazê-lo! Os dados são relativos a 2007 e é provável que a concentração se tenha agravado ainda mais. Ler aqui e aqui.

2 comentários:

incitador@gmail.com disse...

É verdade. Há pouca gente com muita ma$$a, mesmo... Mas não creio que alguma delas esteja interessada em pagar as contas dos outros ;))

José M. Sousa disse...

O que está em causa é perceber como se chegou a este ponto e como se pode reverter a situação. Isto é o resultado de privatizações, de redução de impostos para os ricos, de paraísos fiscais, de especulação desenfreada, de desregulação do sistema financeiro, de comércio livre sem regras, etc, etc.